Baiano Isaquias Queiroz leva o bronze no Mundial de Canoagem de Portugal

Principal destaque individual do Brasil na Olimpíada Rio-2016, o baiano de Ubaitaba, Isaquias Queiroz, 24, ganhou neste sábado (25) mais uma medalha no Mundial de Canoagem, que está sendo disputado em Portugal. O canoísta levou o bronze na prova do C1 1.000 m. O brasileiro não conseguiu bater o principal concorrente, o alemão Sebastian Brendel, e também ficou atrás de Martin Fuksa, da República Tcheca.

Isaquias completou a prova em 3min50s190. Já o alemão manteve a liderança durante todo o tempo, terminando a prova com 3min48s390. O C1 1.000 m é disputado nos Jogos Olímpicos. Na Rio-2016, o brasileiro ganhou nessa prova uma de suas três medalhas, a de prata. Em Tóquio-2020, ele tentará o ouro.

Essa é a segunda medalha de Isaquias Queiroz nesta edição do Mundial de Canoagem. Na sexta (24), ele conquistou pela terceira vez o ouro no C1 500 m, repetindo os feitos de 2013 e 2014. Na ocasião,  Sebastian Brendel ficou em segundo lugar. Martin Fuksa completou o pódio.

A principal diferença é o peso das provas. Como o C1 1.000 m é olímpico, a prova é mais valorizada do que o C1 500 m, que tem relevância mais restrita à modalidade.

Até agora, Isaquias já acumula nove medalhas em Mundiais. Além dos três ouros no C1 500 m e do bronze no C1 1.000 m deste sábado (25), o atleta tem um título mundial na C2 1.000 m, ao lado de Erlon de Souza, obtido no Mundial de 2015. O baiano ganhou mais outras quatro medalhas, todas de bronze: duas no C1 1.000 m (2013 e 2017), uma no C2 200 m (2014) e outra no C1 200 m (2015).

 

Comente usando seu Facebook