Deputado Adolfo Menezes perde queda de braço para Nelson Leal na disputa pela Presidência da Assembleia Legislativa.

Em decisão tomada na tarde dessa Segunda-Feira (03), o Deputado Estadual Adolfo Menezes (PSD), foi derrotado pelo Deputado Estadual Nelson Leal (PP) na disputa interna da Base Governista, pela Presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

Adolfo Menezes que se mostrava confiante de que seria o novo Presidente da ALBA, por ter o apoio do Senador Otto Alencar e de seu partido PSD, foi preterido em relação ao nome de Nelson Leal, em uma clara intervenção do Governador Rui Costa (PT) e dos outros dois nomes que se lançaram para Presidência da Casa, Alex Lima (PSB) e Rosemberg Pinto (PT),

Nelson Leal que já contava com o apoio de outros 17 Deputados Estaduais e o apoio formal de algumas legendas, segundo o Prefeito ACM Neto seria também o candidato da oposição, e o apoio já estava acertado, ainda que nos bastidores. Leal fatalmente seria o candidato eleito caso houvesse o embate entre os postulantes, com isso, o Governador Rui Costa tratou de intervir no processo eleitoral da ALBA e decretar que o Pepista seria o candidato da base Governista, já que o Governador proibiu os seus aliados compusessem com a oposição.

As negociações que definiram Nelson como o candidato único do Governo, ainda culminaram na escolha de Alex Lima candidato a Vice-Presidente, Rosemberg como Líder do Governo e Adolfo Menezes saiu com a promessa que será o Candidato do Governo a Presidência da ALBA no Biênio 2021-2022.

Adolfo garantiu que não houve e não haverá rusgas com o Governo por conta dessa decisão.

Comente usando seu Facebook